Gestalt do Objeto – Sistema de Leitura Visual da Forma

Texto: Anna Luísa Sayão Arte: Ana Laura Barros

É uma teoria que estuda como nós, seres humanos, percebemos as coisas. A psicologia da Gestalt aborda os princípios que determinam que a nossa percepção não se dá por “pontos isolados”, mas sim pela compreensão do “todo”. 

O que é ?

Desenvolvido no final do século XX por Wolfgang Kohler e Kurt Koffka, o princípio da Gestalt observa o comportamento padronizado da mente humana ao se deparar e perceber as formas nos objetos, cenários e tudo que vemos. Os estudiosos afirmam que quando recebemos um estímulo visual, nosso cérebro desloca vários sinais complexos que agrupam todas as características que soam semelhantes, somando rapidamente as partes do item visto. Isso significa que, primeiramente, percebemos o objeto como um todo e só depois nos atentamos aos detalhes. Quem nunca passou horas tentando encontrar formas em nuvens no céu? Esse é um exemplo que comprova o estudo.

Mas por que conhecer o princípio da Gestalt? Em que podemos aplicá-lo?

Todos os processos das nossas percepções visuais também valem para o nosso comportamento. Você pode até não perceber, mas empregamos esse princípio diariamente em nossas ações. A comunicação assertiva, por exemplo, sempre é feita de forma visual, para que também influencie o nosso comportamento. Quem não deseja ter criações e peças visuais que atinjam o público e despertem as emoções corretas para seu objetivo final, certo? É sobre entender e captar seu público!

Vamos às leis:

1- Lei da Unidade

A lei da unidade consiste em afirmar que um elemento é percebido por uma ou até várias partes que constroem o todo. Portando, uma unidade é percebida como um elemento único. Um exemplo claro é o logotipo da Adidas: as faixas retangulares estão separadas, mas juntas passam o sentido de unidade, reafirmando que mesmo o todo pode ser formado por partes dele.

2- Lei da segregação

Esta lei foca na capacidade perceptiva do olhar de isolar, evidenciar ou identificar objetos, mesmo que sobrepostos, dentro de uma composição. Isso acontece pelo uso de diferentes elementos (cores, texturas, sombras, brilhos, entre outros), o que evidencia o contraste de um ao outro. Para uma leitura visual impactante, costuma-se aplicar cores análogas ou objetos com tamanhos diferentes, dando mais ou menos relevância a um deles em uma composição.

3- Lei da unificação

A unificação é correspondente ao equilíbrio de estímulos. Então, trata-se de um objeto harmônico e simétrico. Essa lei oferece sensações de completude e coerência, aquilo que agrada ao olhar.

4- Lei do fechamento

Com certeza, a mais famosa de todas dentro da Teoria de Gestalt. A lei do fechamento parte do princípio de que o nosso cérebro “fecha” a formação de imagens completas quando vemos apenas formas inacabadas ou silhuetas. Isso significa que a mente é capaz de se guiar pela continuidade de uma forma prevendo sua estrutura sozinha.

5- Lei da continuidade

A continuidade diz respeito ao modo como o fluxo de informações funciona em nosso cérebro. Ela representa a tendência dos objetos em acompanharem outros para alcançar uma forma — seja por cores, volumes, texturas ou formas.

6- Lei da proximidade

Quando elementos distintos se posicionam muito próximos uns dos outros, eles tendem a ser percebidos juntos. Nesse sentido, também são interpretados como apenas uma unidade.

7- Lei da Semelhança

Objetos que possuem formas, cores ou aparência semelhantes também tendem a ser interpretados como uma só unidade. Na publicidade, essa lei geralmente é utilizada para criar releituras a partir do agrupamento de outras formas.

8- Lei da Pregnância

Esse é o princípio básico da percepção visual de Gestalt. Ela também é conhecida como “Lei da boa forma”. Tendo em vista que toda composição é percebida de forma geral, antes de nos aprofundarmos nos detalhes, é preciso que os objetos presentes na composição sejam de alta pregnância, ou seja, homogêneos e harmônicos, a fim de uma leitura clara e rápida. A baixa pregnância tende a uma organização visual complicada e confusa. Sendo assim, é possível afirmar que quanto maior for a pregnância da forma, maior será a eficiência da comunicação com o seu receptor.

E aí, gostou deste material? Quer ter acesso a mais conteúdos como esse? Continue acompanhando a Facto Agência e não esqueça de compartilhar e deixar um comentário!

4 visualizações

Sobre nós

Funcionamento

Segunda a sexta

das 14h às 18h 

(61) 3107-6533

Venha nos visitar

UnB, Campus Darcy Ribeiro, ICC Norte, bloco A, térreo, FAC, sala AT-636, Asa Norte, Brasília.

linkedin (1).png
behance.png
instagram (1).png