Diagnóstico de Comunicação: Porque faz diferença na tomada de decisão da sua empresa

Atualizado: 6 de ago. de 2021

Texto por Gabriela Sereno e Thiago Amado

Arte por Ana Clara Araujo



“Não consigo chegar até o meu público focal.”


“Em qual canal de comunicação eu devo divulgar o meu negócio?”


Se você já disse ou pensou nessas frases, esse texto é para você!

Muitas empresas encontram grandes dificuldades em se estabelecer no mercado, pois não conseguem alinhar as suas estratégias de divulgação com o propósito da marca. Isso deve-se, muitas vezes, pelo fato da marca não realizar um Diagnóstico de Comunicação apropriado.

Uma comunicação interna consolidada implica em todos os aspectos empresariais de seu negócio. Para conseguir atingir os objetivos da marca, desenvolver a sua capacidade produtiva e até mesmo colocar o Plano de Comunicação em prática, a empresa como um todo deve realizar periodicamente um diagnóstico para analisar, por exemplo, o clima organizacional e como ela está se apresentando para o seu público.

O Diagnóstico de Comunicação tem como objetivo principal analisar a comunicação interna e externa da empresa, com foco nas principais dores e forças da organização. Identificar quais são as oportunidades e os desafios a serem enfrentados é a melhor forma de alavancar e melhorar os resultados.

Portanto, entenda, de uma vez por todas, como realizar um Diagnóstico de Comunicação adequado com esse conteúdo que a Facto trouxe pra você!


O que é:


De modo geral, o diagnóstico é sinônimo de pesquisa. Ou seja, a partir dele, você coleta e analisa dados, é capaz de traçar um plano de ação e aplicar soluções e estratégias que tenham chances reais de atingir sucesso.

Também tem como papel analisar o tom de comunicação, facilitar a aplicação do marketing de conteúdo, comunicação entre marca e consumidor, ações de Inbound marketing, divulgação por plataformas digitais, anúncios patrocinados e, principalmente, oportunidades que possam ser aproveitadas pela empresa.


A importância do Diagnóstico:


Da empresa de pequeno porte até uma multinacional famosa, sem distinção de mercado ou popularidade, é preciso realizar um conjunto de estratégias para otimizar a divulgação de sua marca. O diagnóstico não possui um conteúdo padrão, pois cada empresa deve analisar o seu contexto organizacional. Entretanto, toda empresa deve realizar um diagnóstico.


Com uma comunicação bem estruturada e embasada, você:


  • Avalia suas oportunidades, otimiza a captação de leads e direciona estratégias de comunicação;

  • Consegue mensurar necessidades e déficits, além de encontrar meios concretos para incrementar soluções;

  • Conecta o público com a sua marca, gerando valor e fidelização;

  • Monitora e prevê adversidades;

  • Gera conteúdo de qualidade e o direciona para o público focal;

  • Melhora a comunicação entre o cliente e a empresa;

  • Formula metas e objetivos que são eficazes e convenientes para a sua empresa;

  • Posiciona a sua marca nas redes sociais de modo assertivo e constrói um relacionamento com seus clientes nas plataformas;


Como fazer isso?



De início, você precisa realizar análises que envolvem todo o contexto da sua empresa:

  • Análise Situacional;

  • Análise de Mercado;

  • Análise de Concorrentes;

  • Análise SWOT;

  • Benchmarking;

  • De/Para;


Calma, sabemos que são muitos termos, mas continue a leitura, muitas dessas análises você já faz no dia a dia da empresa mesmo sem perceber. Agora vamos apenas estruturá-las.


  • Análise Situacional

Essa análise funciona como um retrato da situação que a organização está inserida. Nesse momento é necessário colocar um breve histórico da empresa, cultura organizacional, problemas e necessidades de comunicação. Portanto, é necessário primeiro entender como a instituição se encontra, quais pontos devem ser melhorados ou alterados e a percepção corporativa dos cenários desejáveis ou indesejáveis.


  • Análise de Mercado

A análise de mercado traz pontos importantes em relação ao mercado em que a organização está inserida. Dados e pesquisa da evolução de mercado podem ajudar a traçar estratégias e entender como o cenário pode ameaçar ou impulsionar o crescimento da empresa. É possível perceber se o mercado está em alta ou em baixa, quais mudanças podem afetar a empresa e observar as tendências do mercado.


  • Análise de Concorrentes

A análise de concorrentes é importante, porque a partir dessa observação é possível delimitar qual posicionamento faz uma empresa daquele mesmo nicho se sobressair. Assim, ter conhecimento dos concorrentes, do serviço que oferecem, a qual preço e como oferecem, ajudam a empresa a definir seus diferenciais. Dentro dessa análise é possível perceber quais pontos fortes e fracos os concorrentes apresentam em sua comunicação.

A análise SWOT é um termo em inglês que trata das Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças(Threats) de um negócio. Em português, é traduzido como matriz ou análise FOFA. A partir dessa ferramenta é possível entender o cenário interno da organização, suas forças e fraquezas e o cenário externo à organização, suas ameaças e oportunidades. Ao realizá-la, é possível identificar os principais pontos de atenção da organização, além de potencializar as forças e oportunidades e minimizar as fraquezas e ameaças.



  • Benchmarking

Esse é o processo de estudo da concorrência visando a otimização da marca. Ele traz uma análise profunda das melhores práticas usadas por empresas do mesmo setor e ajuda a entender suas forças e fraquezas. Aqui você será capaz de identificar quais resultados deve almejar, além de se comparar com a concorrência. Lembre-se, você só deve absorver o que fizer sentido.


  • De/Para

O De/Para busca entender de onde a empresa está e para onde quer chegar. Essa técnica tem como objetivo nortear as ações em meio às pesquisas e é imprescindível para entender o que é necessário solucionar. Ela busca avaliar como o negócio está e onde quer chegar em relação a três pontos:


Negócio: o que faz e com quem;

Marca: propósito e valores de marca;

Comunicação: como fala;



Para planejar a comunicação é preciso diagnosticar um problema e saber quais as ferramentas de comunicação disponíveis e como cada uma delas pode ser empregada.



Todas essas técnicas de análise podem te ajudar na tomada de decisão dentro da empresa, além de otimizar resultados e ações. Use e abuse de diagnósticos para entender em que cenário a sua empresa está inserida!


E aí vamos começar os diagnósticos? A Facto está mais que pronta para ajudar. Acesse o nosso site e solicite um orçamento!

Você pensa, a FACTO cria!


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo