Comunicação Interna x Cultura Organizacional

Quando falamos de sucesso empresarial, é comum pensarmos em bons resultados, mas o que garante resultados em uma organização? Esse é um dos papéis da cultura organizacional, ou seja, do conjunto de valores, objetivos e práticas adotadas pela instituição. Cada colaborador traz consigo convicções, vivências e propósitos – são essas características que moldam a cultura organizacional. Portanto, é muito importante que os profissionais estejam alinhados à missão, visão e valores de onde trabalham.


E como conquistar esse alinhamento?


A melhor maneira de semear uma cultura por toda a instituição é divulgá-la de forma clara, isto significa investir na comunicação interna (CI). Usar estratégias na hora de criar canais de comunicação específicos dos funcionários para permitir a transmissão de mensagens verticalmente – de líderes para os demais setores e vice-versa – ou horizontalmente – entre colaboradores em um mesmo nível.


Outra função da CI é criar espaços de ouvidoria. Todos têm a chance de compartilhar suas opiniões e sugestões, que quando devidamente acatadas podem otimizar processos internos e externos na empresa.


Um grande exemplo de alinhamento entre profissionais e a cultura da empresa acontece na Google. Eles acreditam que a melhor maneira de estimular a inovação é possibilitando que “mentes brilhantes” se mantenham brilhantes. Por isso, destacam o protagonismo dos colaboradores. Todos podem propor melhorias nos serviços Google e receber os mesmos benefícios independentemente do cargo.


Google interns' first week


Quais são os benefícios da comunicação interna?


Quando bem executada, a comunicação interna interfere sobretudo no clima organizacional, isto é, na visão que os membros têm da empresa. Em ambientes onde a informação não circula livremente, é comum que colaboradores não se sintam importantes e não expressem suas percepções em relação ao trabalho.

Entenda algumas vantagens de uma comunicação interna eficaz para o clima organizacional:


Maior sentimento de pertencimento: membros se entendem como elementos cruciais dentro da instituição por serem ouvidos, o que os leva a defendê-la e propor novas soluções.

Aumento da produtividade: com bons espaços de conversação, os funcionários se sentem mais motivados a trabalhar e confiantes em compartilhar ideias, que podem ser úteis em momentos de crise.

Diminui a rotatividade: quando insatisfeitos, colaboradores irão priorizar buscar ajuda antes de optar pela demissão, o que melhora a imagem da empresa.

Alinhamento da cultura organizacional: como mencionado, é a boa comunicação que garante a transmissão de informações e transparência na estrutura institucional.


Dicas para melhorar a comunicação interna


Agora que você entende a importância de uma comunicação clara, confira algumas dicas que aprimoram a CI no seu negócio:


Diversifique os canais de comunicação: invista em plataformas escritas, visuais e orais. E-mails e aplicativos de mensagens como WhatsApp, Skype e Slack permitem a divulgação de conteúdo multimídia.

No entanto, é importante lembrar que cada veículo exige um tom específico.

Seja acessível: opte por uma linguagem clara e objetiva, que atenda as necessidades de todos os colaboradores. Evite que níveis hierárquicos e de instrução comprometam a disseminação da mensagem.

Escute os membros: mensurar o clima organizacional exige um meio direto de escuta. Além disso, essa “via de mão dupla” é o ideal para estabelecer a sensação de pertencimento.

Seja transparente: isso não significa expor informações sensíveis, e sim ser sincero a respeito da situação da empresa. Assim, os funcionários podem defender a organização e auxiliar na resolução de problemas.


Viu como a comunicação interna é uma peça fundamental? Aproveite todas as dicas e transforme o clima organizacional do seu negócio!


Não sabe por onde começar? A Facto te ajuda a desenvolver o plano de comunicação ideal e garantir uma comunicação interna efetiva!


Você pensa, a FACTO cria!


77 visualizações0 comentário