Posicionamento de marca: Como alcançar uma posição de destaque na mente do seu consumidor?

Atualizado: 6 de ago. de 2021

Texto por Gabriela Sereno e Thiago Amado

Arte por Ana Clara Araujo


Atualmente, a economia mundial é pautada por um mercado cada vez mais competitivo. Então, cabe ao posicionamento de marca garantir individualidade e fazer com que a empresa se diferencie da concorrência. Ou seja, você precisa conquistar o coração e mente do público focal para gerar valor e se tornar uma referência de singularidade no seu nicho de mercado.

“Mas o que é posicionamento de marca?”

Este conteúdo irá elucidar todas as suas dúvidas e trazer exemplos de grandes marcas com seus devidos posicionamentos.


O que é:


O posicionamento de marca é responsável por traduzir o propósito e explicar como a empresa se posiciona no mercado. É utilizado para segmentação e diferenciação, fazendo com que o público focal saiba distinguir a sua marca de seus concorrentes.

É uma estratégia realizada durante o processo de branding (criação e gestão da marca). Ao desenvolver o posicionamento, a empresa constrói ideias e cria uma maior conexão com o seu público, além de “conquistar” um espaço na mente dele.

O foco principal sempre é em como a sua marca vai ser reconhecida, ou seja, como ela vai se sobressair em relação aos concorrentes e despertar uma preferência por parte do público.

Marcas famosas como Burguer King e Mcdonald's estão constantemente batalhando para conquistar a preferência do público. Entretanto, esse favoritismo é consequência de um posicionamento de marca preciso e bem estruturado. Enquanto uma marca ocupa a mente do público, a outra será vista como “segunda opção” ou “a que me agrada menos”.

Contudo, vale ressaltar que o posicionamento precisa ser contínuo, podendo sofrer alterações, muitas vezes, durante o processo de rebranding (reestruturação da marca).


Por que é importante?


Cada marca tem seu próprio pedestal, ou seja, uma posição de destaque e exclusividade na mente do consumidor. O foco dessa estratégia de branding não está no produto, e sim na percepção por parte do público. O posicionamento irá comunicar, de forma sucinta e impactante, todo o pacote de benefícios e valor do produto para o cliente.

O posicionamento se concretiza quando há uma união entre a personalidade da marca e os valores, sentimentos e memórias afetivas do cliente. Isso faz com que a lembrança seja imediata e insubstituível.

Em mercados cada vez mais competitivos e densos, o que as marcas buscam é serem lembradas pelos seus clientes, seja pela utilidade do produto, pela comparação com a concorrência ou por outros vários critérios. A forma como a marca será lembrada dependerá da estratégia de posicionamento utilizada. Esse é o motivo pelo qual atualmente tanto se investe nesse critério mercadológico, pois as organizações entendem que o sucesso é uma questão de estar no lugar certo e diante do público certo.

Como fazer isso?


O posicionamento é a parte final do branding, então você deve ter como pré-requisito todas as definições que envolvem o valor/benefício que o seu produto traz, ou seja, qual dor do cliente ele resolve e porque ele faz diferença na vida do consumidor que o adquire.

Para se posicionar corretamente, você precisa saber:

  • Quem é o seu público-alvo de maneira completa e detalhada;

  • Quais dores o produto resolve e quais prazeres ele proporciona;

  • Qual a proposta de valor e atributos da marca;

  • Quais os diferenciais em relação a concorrência;

  • Como você quer que a sua marca seja reconhecida;


Um exemplo bem conhecido é o caso da Pepsi, que brincou com o fato de ser a “segunda opção”, depois da Coca- Cola. O “Pode ser Pepsi?” foi a maneira como a marca comunicou seu posicionamento, utilizando a estratégia de comparação com a concorrência. A Pepsi utilizou-se do fato de ser relembrada após a Coca-Cola ou colocada como 2ª opção para se posicionar de acordo com a percepção de seu público.


OBSERVAÇÃO: Esse posicionamento rendeu muitos frutos a Pepsi, tendo em vista que eles realizaram um match entre a percepção do cliente e o seu posicionamento de marca.





O posicionamento busca ilustrar que, atualmente, não se compra produtos e sim conceitos, ideias e valores. Isso é essencial na sobrevivência de uma marca para se diferenciar da concorrência e se conectar com o seu público-alvo.

É importante ressaltar que o posicionamento comunica uma síntese de conceitos que envolvem o valor e propósito do produto. Mas veja bem, o seu posicionamento deve estar alinhado com o que de fato o seu produto é capaz de oferecer. Portanto, atente-se ao fato de que não deve existir uma lacuna entre o que o produto faz e o que ele diz que faz, pois isso pode afetar a reputação e gerar um resultado negativo e de boicote à marca.

Agora que você já sabe a importância do posicionamento de marca, já analisou como está a gestão da sua marca? A Facto está mais do que pronta para ajudar você!

Ainda não sabe o que é branding/gestão de marca? Acesse esse link e entenda tudo o que você precisa sobre o assunto: Branding ou mande uma mensagem em nosso site!


Você pensa, a FACTO cria!


16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo