Estratégias de comunicação do iFood para se inspirar

Arte por: Luiza Dantas

Texto por: Danilo Paulo

Hoje, a plataforma iFood se consolidou como sendo um dos serviços de delivery mais utilizados em todo o mundo. O sucesso da marca é resultado de diversas estratégias, principalmente no âmbito da comunicação e marketing.

Como sabemos, não há receita mágica capaz de transformar algo em sucesso. No entanto, podemos nos inspirar em bons exemplos, observar acertos e erros e, com base nisso, tomarmos decisões na hora de criar estratégias em nosso negócio. 

Abaixo, você vai conferir algumas táticas desse case de sucesso chamado iFood e, a partir disso, refletiremos também sobre como implementar isso ao seu negócio! Confira.

Onde você quer chegar?

Antes de mais nada, é importante ter em mente que o iFood é considerado uma plataforma de inovação e que desde o surgimento já possuía missão e valores muito bem estabelecidos. 

Aqui, temos o primeiro passo: definir inicialmente a missão e os valores da marca garantirão uma melhor postura em relação ao público consumidor. Antes do iFood nascer em 2011, os sócios Patrick Sigrist, Eduardo Baer, Guilherme Bonifácio e Felipe Fioravante definiram que a missão da empresa seria de se tornar a maior e melhor plataforma de delivery da América Latina, dando ao consumidor mais opções e agilidade na hora de pedir comida. Entre seus valores estão a facilidade, a privacidade e o respeito com os usuários e parceiros.

Agora, olhe para o seu negócio ou projeto e faça a seguinte pergunta: Qual a missão do meu serviço e quais são os valores? 

Humanização  da marca

Antes de mais nada, é importante ter sempre em mente que o seu negócio atende pessoas. Humanizar a imagem institucional faz com que o cliente se sinta muito mais próximo do serviço. E como é que o iFood fez isso? Com a linguagem adotada nas mídias, conhecida também como voz da marca.

O iFood aposta em uma comunicação mais intimista e conversa com o público como se fosse uma pessoa. Um exemplo disso é a forma carinhosa, amigável e despojada que a marca responde seus clientes no Twitter.

Coisas simples como falar com carinho e de forma menos formalizada com o público fazem com que você transforme o seu consumidor em um fã!

Direcionamento de conteúdo frequente

Vamos lá, estamos no século XXI, mergulhados em um mar de anúncios. Chega a ser chato às vezes, né? O novo perfil consumidor não tem interesse em ser bombardeado por publicidade o tempo todo. No lugar disso, prefere consumir um conteúdo que ofereça algo útil em troca de sua atenção. Investir em divulgar informações, curiosidades, dicas e conteúdos ricos como vídeos, por exemplo,  são ótimas maneiras para variar as suas redes.

O iFood leva isso a sério e de forma bem natural. No Twitter, por exemplo, eles analisam os assuntos mais comentados na plataforma e começam a interagir com isso, gerando engajamento orgânico com os “seguimores”.

Parece coisa boba, mas essas pequenas estratégias auxiliam no processo citado  anteriormente e que será melhor abordado abaixo.

Transformando clientes em fãs 

Um cliente satisfeito divulga o produto. O marketing boca-a-boca sempre é bom. É importante que a sua marca possua esse público. E como fazer isso? Com investimentos na satisfação do consumidor.

Garantir produtos de qualidade, excelência no atendimento e uma boa experiência  é uma estratégia que seu plano de marketing precisa incluir.

O iFood investe em treinamentos de equipe focados no bom atendimento e sempre se mostra disposto a ajudar o cliente.

Essa postura gera uma relação de confiança e amizade entre público e marca.

A plataforma de delivery de comida sempre buscou atrair o seu público com descontos e promoções, a fim de criar relacionamento com os consumidores. Tudo isso gera conforto e praticidade, além de garantir o retorno dos clientes.

Presença estratégica constante

Interação com o público é importante. Por isso, é legal que você incentive o seu público a participar dos seus canais de comunicação. As redes sociais possibilitam interação. Use-as! 

Outro fator importante é saber segmentar o seu cliente. O que o seu público quer ver? O que deseja consumir? Respondidas essas questões, você pode pensar, por exemplo, em utilizar do potencial de alcance do mundo online para desenvolver conteúdo interessante e relevante nas plataformas.

Vamos supor que você tenha uma loja de roupas. Que tal utilizar os stories do Instagram para dar dicas de looks e criar enquetes? Se for o caso, use também da descontração para interagir com o público.

A sua presença também pode ser reforçada via anúncios pagos. Hoje, é bem simples impulsionar posts no Instagram, Youtube, Facebook e afins. E o iFood entende muito bem disso. Ele faz um investimento alto em anúncios no mundo online e offline. 

Busque e explore o seu diferencial

O serviço que você vende provavelmente não é único. Até o iFood tem concorrentes (como o Uber Eats, por exemplo). No entanto, o que vai lhe tornar mais atraente para o público é o seu diferencial. Invista nele. Um atendimento mais personalizado e humano, um “mimo” para o cliente, uma arte legal nas mídias e até mesmo uma simples embalagem que seja ecologicamente sustentável dizem muito mais sobre a sua marca do que uma campanha de marketing milionária. No caso do iFood, ele se diferencia justamente por conta do atendimento e postura descontraída nas redes sociais. 

Pense agora em qual é o seu diferencial em relação ao concorrente. Pensou? Então está na hora de explorá-lo!

Essas foram algumas das estratégias utilizadas por esse case de sucesso e que você pode se inspirar também. O mais importante é ter ciência de que o serviço prestado lida com pessoas e que investir em comunicação, bom serviço e ótimo atendimento são pilares essenciais que sustentam o sucesso por trás de uma marca.

1 visualização

Sobre nós

Funcionamento

Segunda a sexta

das 14h às 18h 

Venha nos visitar

UnB, Campus Darcy Ribeiro, ICC Norte, bloco A, térreo, FAC, sala AT-636, Asa Norte, Brasília.

linkedin (1).png
behance.png
instagram (1).png